Como se preparar para um mercado de alta com opções de Bitcoin

Estar preparado para volatilidade é um dos mandamentos do investidor Nassim Taleb. Afinal, ele enriqueceu ao preparar sua carteira para obter ganhos exponenciais em cenários de alta volatilidade na economia mundial.

Agora é possível replicar a estratégia de Taleb com o crescimento do mercado de derivativos no Bitcoin. Fica cada vez mais claro que o Bitcoin está caminhando para se tornar um ativo antifrágil, como o Ouro é.

Se você não sabe, ativos antifrágeis são aqueles que se beneficiam de volatilidade e eventos estressantes para a economia mundial, como foi a crise de 2008. Por ter potencial para se tornar um ativo antifrágil, o preço Bitcoin pode subir de forma parabólica, isto é, de forma exponencial.

Por isso, o Bitcoin pode se tornar uma excelente forma de diversificar seus investimentos. Uma estratégia interessante para potencializar possíveis ganhos neste crescimento parabólico são as opções.

O que são opções?

O mercado de opções pertence ao ramo de derivativos financeiros. Elas podem ser utilizadas para proteger ou alavancar seus investimentos em Bitcoin, dependendo do tipo de opção que você quer comprar.

A vantagem das opções é que elas são excelentes para se alavancar e buscar maiores retornos no Bitcoin. Caso não tenha entendido, confira meu vídeo, onde aprofundei melhor sobre o tema.

No entanto, investir em opções é ainda mais arriscado do que investir em Bitcoin. Mas dependendo da estratégia e de condições específicas da opção, elas podem ser um instrumento bem barato e com alto potencial de retorno quando a tendência de alta do Bitcoin for mais clara.

Como ganhar dinheiro com opções de Bitcoin?

Nesse caso, quem quer apostar na alta do Bitcoin através de opções, precisa optar por opções do tipo CALL (opções de compra).

Elas te dão o direito de comprar Bitcoin a um determinado preço (preço de exercício) com vencimento em uma data futura (expiração). Além disso, o preço das opções sobe junto com o Bitcoin.

Se o preço de mercado do Bitcoin estiver muito acima do preço de exercício na compra da opção, você poderá comprar Bitcoin abaixo do preço de mercado, garantindo lucro na operação. No entanto, é possível comprar uma opção e vendê-la após uma grande valorização do Bitcoin.

Em algumas ocasiões, as opções podem se valorizar mais do que o próprio Bitcoin e, por isso, são uma excelente forma de alavancar seus ganhos em um mercado de alta. No entanto, a estratégia exige muitos cuidados.

Twitter adiciona emoji de Bitcoin

No domingo (2), Jack Dorsey, CEO do Twitter, postou o novo emoji de Bitcoin. Além de mostrar aos seguidores a novidade, o empresário marcou o consórcio Unicode, responsável pela introdução dos emojis, sugerindo que a figura seja adicionada ao padrão.

O tuíte também informa que, a partir de agora, sempre que alguém postar no Twitter a hashtag Bitcoin ou BTC, o símbolo será adicionado à frente do texto. A ideia de que o emoji seja incluído no padrão de codificação Unicode foi bem aceita pela comunidade.

Após a adição do novo emoji, pessoas ligadas diretamente ao mundo das criptomoedas, como Justin Son, fundador da plataforma Tron (TRX) e do Bittorrent, tuitaram usando a novidade.

Além de pessoas, contas oficiais de empresas, como as da Binance, bolsa global de criptomoedas , aderiram à novidade e sugeriram que a comunidade cripto usasse a hashtag para que ela se tornasse um dos assuntos mais citados do Twitter.

Jack Dorsey é bastante ligado ao mundo das criptomoedas. Além de ser CEO e fundador do aplicativo Square, plataforma de pagamentos compatível com moedas virtuais, ele informou, no início de dezembro, que o Twitter possui uma equipe voltada para o desenvolvimento de um padrão de mídias sociais descentralizado.

Recentemente, a Square recebeu uma patente de tecnologia que realiza, em tempo real, a troca de criptomoedas por moeda fiduciária. Em novembro, a empresa enviou aos acionistas uma carta que mostra o dobro de transações de compra do Bitcoin na plataforma no terceiro trimestre do ano passado, entretanto, os lucros ainda foram baixos.

A novidade já está disponível para todos os usuários do Twitter. Para ter acesso, basta tuitar usando as hashtags #bitcoin ou #BTC.

Como as stablecoins podem ajudar traders e empresas em situações difíceis?

A realidade é que todas as regiões e países têm suas próprias regras e entendimento sobre criptomoedas. Além disso, todos os bancos percebem as tecnologias habilitadas para blockchain sob uma luz diferente. 

Se isso não for suficiente, as políticas normatizadoras em constante mudança (ou a falta delas) em todo o mundo não tornam mais fácil lidar com os desafios do setor.

Dependendo dessas e de muitas outras circunstâncias, às vezes as pessoas entram em disputas com seus bancos sobre se os ativos digitais são legítimos o suficiente para serem enredados nas operações bancárias tradicionais. 

Infelizmente, em casos mais raros, essas situações podem levar a consequências desagradáveis , como uma conta bancária desnecessariamente congelada.

Obviamente, não é o único cenário de como um banco pode repentinamente colocar uma conta pessoal ou mesmo uma conta jurídica em um limbo peculiar. Quaisquer que sejam os motivos e quaisquer inconvenientes que eles possam causar, aqui vamos nos concentrar em resolver dois problemas prementes: como proceder com essas criptomoedas que você queria transformar em moeda virtual e colocar nessa conta bancária agora congelada; e, mais importante, como NÃO perder dinheiro devido à volatilidade dos preços das criptomoedas nesse meio tempo. 

O potencial inexplorado de stablecoins

Para resumir em breve, stablecoin é precisamente o que o termo implica – um ativo criptográfico criado para manter um valor estável. E, no entanto, mantém todas as propriedades que fazem com que as criptomoedas funcionem, como segurança forte, alta transparência, baixo custo e transações rápidas.

No momento, essas moedas digitais não voláteis, especialmente aquelas atreladas a moedas fiduciárias como Euros ou Dólares Americanos, estão de fato sendo um dado adquirido, dadas as oportunidades e a flexibilidade que podem oferecer. 

Então, vamos criar um problema fictício e imaginar qualquer comerciante amigo da criptografia que, por qualquer motivo, de repente perdeu seus privilégios bancários e não pode trocar parte de seus ganhos de criptografia por decreto. A situação desagradável atrapalha seus negócios, que também se tornam vulneráveis ​​a prováveis ​​flutuações nos preços de criptografia. 

Que papel as stablecoins podem desempenhar aqui? Se dar um passo adiante – que outras boas qualidades as stablecoins (atreladas à fiat ou não) têm a oferecer?

Aqui estão algumas maneiras pelas quais as stablecoins podem ajudar as empresas a levar a infraestrutura de seus pagamentos para o próximo nível, bem como beneficiar os traders: 

  • Você pode trocar suas criptomoedas por qualquer stablecoin e evitar flutuações de preço. A maioria dos ativos digitais é facilmente negociável por stablecoins em bolsas como Binance ou Bitfinex. A troca de moedas voláteis que você não deseja stablecoins oferece tranqüilidade durante as altas flutuações de preço e tempo de sobra para resolver problemas inesperados com parceiros bancários.  
  • Você tem a opção de resgatar moeda fiduciária para seu stablecoin indexado a fiat. Não importa qual ativo vinculado à fiança você decida usar, você pode solicitar uma retirada fiduciária para qualquer endereço IBAN viável por meio da entidade que emite uma moeda stableco específica, embora termos adicionais se apliquem. 
  • Você pode usar stablecoins para liquidar pagamentos rápidos em todo o mundo . Por que fazer uma transferência bancária internacional que leva de 1 a 3 dias para ser alcançada quando você pode obter o mesmo resultado imediatamente usando stablecoins? Lembre-se – os pagamentos na cadeia não cumprem feriados, horário de trabalho, local ou interferência de terceiros – o que significa que todas as transações estão sempre próximas do imediato.
  • Como já foi sugerido, os sistemas de pagamento baseados em blockchain eliminam intermediários no processo de transação , e as stablecoins não são exceção. Os pagamentos com stablecoins são mais baratos, mais rápidos e não apresentam risco de intrusão de um provedor de serviços.

Naturalmente, esses privilégios não vêm sem um conjunto de regras, portanto, lembre-se de que o uso de stablecoins regulamentadas indexadas à autorização também exige que você passe no processo de verificação (ou seja, se desejar obter acesso à ponte da autorização). 

Atualmente, as opções mais populares para as stablecoins apoiadas por fiat no mercado são TrueUSD (TUSD) , Tether (USDT) e Paxos Standard ( PAX ).

Ripple pode realizar IPO ainda neste ano, diz CEO

Ripple

O CEO da Ripple, Brad Garlinghouse, disse que um IPO é visto como a “evolução natural da empresa” e que pode ser realizado ainda esse ano. Garlinghouse participou de uma sessão patrocinada pela Ripple no espaço do Wall Street Journal no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça.

“Acho que nos próximos 12 meses você definitivamente verá IPOs no mercado de criptomoedas e blockchain. Não tenho certeza de que queremos ser os primeiros, mas certamente também não queremos ser os últimos, então espero que estejamos no lado principal, não no lado atrasado”, disse Garlinghouse.

Ele também disse que sua empresa de pagamentos internacionais está em contato com a Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos (SEC) sobre o status regulatório do token XRP.

“Estamos conversando com a SEC há algum tempo”, disse ele. “Sinto que educar os reguladores faz parte do meu trabalho e acho que esse foi um processo realmente construtivo”.

No mês passado, a Ripple arrecadou US$ 200 milhões em um financiamento de Série C, que geralmente é o último passo antes que uma empresa abra seu capital. A rodada avaliou a empresa em US$ 10 bilhões.

No início desta semana, a Ripple divulgou números de vendas do XRP, seu token nativo, no quarto trimestre e registrou uma queda de 80%. A empresa vendeu um total de US$ 13,08 milhões em XRP no quarto trimestre, em comparação com US$ 66,24 milhões no trimestre anterior.

O XRP, por sua vez, mantem a posição de terceira criptomoeda com maior valor de mercado atrás apenas do Bitcoin e Ethereum. O token é cotado a US$ 0,224 e acumula valorização de 17% em 2020.